segunda-feira, 21 de março de 2011

sobre homens que não querem ajudar

Tá rolando uma propaganda aí da Bombril que repete aquela velha história "homens, vocês são incompetentes, deixem o trabalho de casa para as mulheres". Sabe como é, as agências de propaganda parecem A-D-O-R-A-R a idéia de que mulheres xinguem homens de inúteis e incompetentes em comerciais e acham que isso é feminismo. Fazem comerciais de sabão em pó e de aspiradores de pó e dizem que é para gente, porque os nossos maridos não consegue lavar a louça sem quebrar um prato, então é melhor que a gente o faça. Uma vez a revista Veja fez uma matéria estúpida justificando que homens não tem aptidão natural para cuidar de bebês e que toda essa pressão para o homem ser pai está causando frustração simplesmente porque sem aptidão, sem talento, sem saber cuidar direito e tudo o mais. Como se trocar a fralda de um bebê não pudesse ser feito por um homem. Como se um homem não conseguisse lavar a louça. Como se o gênero masculino, como um todo, fosse incapaz de executar absolutamente qualquer serviço doméstico.

Aí, hey!, vem os homens praguejarem, jogando toda a culpa em nós, feministas mal-amadas, lésbicas, sapatonas, fedidas que só querem um pau na vida e nada mais, dizendo que somos nós que bagunçamos a ordem natural das coisas, que destruímos a família e se agora mulheres sofrem de jornada dupla e os homens da pressão de serem pais e maridos e provedores do lar ao mesmo tempo, a culpa é única e exclusivamente nossa. Vocês são uns idiotas, é tudo o que digo. Não percebem que a droga da jornada dupla não é culpa do feminismo, mas sim do machismo de vocês que impede que haja uma divisão justa de tarefas de casa. Não percebem que se vocês não sabem lavar louça ou encerar o chão da casa, é porque nunca foram ensinados a isso e aprenderam que não deveriam porque era atividade de mulherzinha - e não foi o feminismo que incutiu esse conceito, foi o machismo. É o machismo que impede os homens de se levantarem e ajudarem suas esposas e filhas DE VERDADE, dividindo tarefas e não apenas um "vou lavar a louça porque você tá cansada, querida". É o machismo que impede que os homens aprendam que não são incapazes de cuidar de um bebê. É o machismo que impede que um homem entenda que ele não precisa provar que é o macho alfa para todo mundo.

Vocês estão direcionando para o inimigo errado. Jogam nas mulheres toda a culpa da sociedade estar diferente do que estava trinta anos atrás e ainda querem sustentar uma versão linda e maravilhosa da família com Amélia, afirmando que antes éramos respeitadas e valorizadas e agora temos que nos contentar com as letras de funk e degradação sexual e que tudo isso é única e exclusivamente nossa culpa. Então eu só digo, com todo o respeito, que CALEM A BOCA.

Vocês não sabem droga alguma de como era a realidade das mulheres. Vocês inventam de como a vida era perfeita e maravilhosa e o pior de tudo, ainda tem mulheres aumentando as fileiras do saudosismo estúpido, acreditando fielmente que as mulheres do século XIX eram valorizadas e respeitadas e amadas quando não tinham direito ao voto, nem à opinião, eram deserdadas se transassem com qualquer um fora do casamento, eram condenadas se fossem estupradas e não poderiam sequer estudar em paz. Vocês acham que a vida é tão fácil, e não entendem que não podem entender as mulheres simplesmente porque não o são. Vocês nunca entenderão o que é ter como a maior causa da morte sofrer o ato final nas mãos de um homem, geralmente nosso parceiro. Vocês nunca entenderão o nosso medo de ser estuprada - ou no caso de muitas por aí - de acontecer outra vez. Vocês nunca entenderão absolutamente nenhum desses detalhes - não enquanto vocês não aprenderem a olhar além do seu mundinho cor-de-rosa e fofo onde mulheres são respeitadas e amadas.

O mundo não ama as mulheres.
E o mundo não ama os homens que amam as mulheres.

Entendam isso, somente.


10 comentários:

Blanca disse...

MARAVILHOSO, Luna.

Acrescentaria uma coisa: meninas, por favor, abram os olhos para o casamento. Seu namorado é um lindo, simpático e te trata bem, mas se você vê pensamentos altamente machistas nele, acharia legal não casar. Ou pelo menos não ter filhos. Porque, vai por mim, vai dar merda.

E, não sei se é só o modo como eu vejo, mas eu tiraria o "Entendam isso, somente" do fim. O post é todo falando sobre os homens entenderem, e sei lá, dá mais impacto acabar só com "O mundo não ama as mulheres.
E o mundo não ama os homens que amam as mulheres.".
Repetindo: só *acho* isso e não sei se você usou como, hm, estilo (?).

Ficou confuso, mas enfim.

Ótimo post mesmo, Luna. Botando pra quebrar, como sempre.

Carol Winchester disse...

eu tinha visto o comercial e fiquei arrasada. eh como se ignorassem td o que o feminismo vem lutando, por mais que eu n entenda mto bem.

Key disse...

As pessoas falam que tanta coisa mudou. Mudou mesmo? As coisas podem até mudar, mas e as pessoas? O pensamento mudou?
Machismo continua aí, batendo na nossa cara...

Anita disse...

Sensacional esse post. Acabei de conhecer seu blog por intermedio do blog de uma amiga. E sinceramente adorei esse post e especial e estou colocando a referencia dele no meu blog!
As pessoas precisam ler isso!
Se der passa lá e faz uma visita.
valvulaaberta.blogspot.com

Fêmeas pra Carilha disse...

Eu como a Anita, adorei o que tu escreveu e gostaria muito de posta-lo no meu blog: http://femeaspracarilha.blogspot.com/

posso?

Obrigada!

O Duro Na Queda disse...

arghhh não consigo parar de vomitar, meu teclado ta todo sujo e minha mulher ta aqui limpando então não consegui ler até o final, a ultima gorfada de vomito escroto saindo pela minha boca sujou ate a perde de tão nojenta, coitada da minha mulher que vai ter que limpar tudo depois que eu li teu texto e vomitei por tudo. Obrigado!

Cão disse...

affe quanta merda escrita nesse lugar! cheio de achômetros e coisas sem sentido!! nem meu vômito essa porcaria de texto merece!!

Spectrum XYR disse...

é interessante ver que ela não tem argumento algum...

" Vocês são uns idiotas, é tudo o que digo"

Como assim? Falta argumentos.

Algo pior do que uma feminazi, é uma feminazi que não entende nem da porra do movimento!

Anônimo disse...

O feminismo criou elitismo sexual.
E não é ele que está lutando por alguma coisa, é o próprio sistema capitalista que precisou de mão de obra na 2ª guerra mundial e só tinham mulheres para trabalhar, aí quando os homens voltaram da guerra houve um barateamento da mão de obra, isso tudo gerou uma febre de consumismo, libertinagem sexual, divórcios e tudo de horrivel que vem acontecendo hoje é culpa do feminismo.
Autora, seu texto não possui nenhum argumento que sustente suas posições, sugiro que leia livros masculinistas, que possuem dados e estatisticas que comprovem que a mulher é o sexo prvilegiado.

Thais disse...

luna, você sabe que eu não sou tão "radical" quanto você falando em feminismo, mas gostei muito do texto. tudo bem que geralmente nós fazemos as coisas melhor nesse sentido, mas eles também podem se esforçar, né? eu, por exemplo, não sei fazer nem um bolo, e conheço meninos que sabem fazer qualquer tipo de coisa na cozinha e tal. não é que "somos sempre melhores", é uma questão de costume independente de sexo e tal

os machões aí: kerido ficar se escondendo atrás de um cãozinho não é bem uma atitude de MACHO né? e o outro... "minha mulher" KKKKKKKKKK tem que ser muito doida pra querer isso aí... mas vai saber, né.